Como alguém pode comemorar virada de ano?

2011. Pois é senhoras e senhores, mais um ano começa. Eu, particularmente, não vejo motivos para comemorar uma virada de ano. Para mim, virada é sinônimo de começar tudo de novo: trabalhar, se irritar, se endividar, trabalhar mais, se fuder etc. Mais do mesmo. Tenho pena de quem se ilude, vai à praia, faz promessas e o caralho a quatro, achando que tudo vai mudar simplesmente porque virou o ano. Não, não vai mudar porque virou o ano. Acho que eu sou a pessoa certa para dizer a vocês que NADA vai mudar com a vinda de um novo ano. NADA, você vai continuar o mesmo lixo de sempre.

A não ser que mude suas atitudes. As coisas só melhoram quando mudamos atitudes e para mudá-las não é preciso começar um novo ano! Correto? Não é preciso virar o ano para fazer um regime, começar a malhar, estudar, evoluir. Definitivamente. Mas não, é preciso começar outro ano para mudar. O fato é que 99,9% das promessas de final de ano não são realizadas justamente por isso, por serem da boca para fora.

Enfim, além de ter a consciência de que nada muda com a virada, que depois do dia 31 de dezembro vem o dia 1º de janeiro e só, ela põe um ponto final no clima gostoso de fim do ano. Nada como a chegada de dezembro, aquela sensação de que acabou o ciclo, decoração de natal, viagem, dias de férias, roles, amigo secreto (eu gosto de amigo secreto, desde que o tio João e a vó não me tirem), é tudo muito bom. Quando isso tudo acaba? Na virada. Geralmente depois dela tudo volta ao “normal”. Isso para quem trabalha, que é o meu caso há pelo menos quatro viradas… Com a virada começa tudo de novo: Big Lixo Brasil, a merda do Carnaval etc etc etc.

Ultimamente eu sempre me preocupei com a minha virada. Como seria, se seria legal, o que eu poderia fazer para animar etc. Como se todo o ano seguinte dependesse de como seria a virada. Se fosse uma merda meu ano seria uma merda e ponto final. Aí era correr feito bobo pela praia, pular sete ondas correndo que nem um animal, cantar alto as musiquinhas patéticas de fim de ano, tentar beber, iniciar contagem regressiva de 10 segundos às 23:30, inventar dancinhas engraçadas para alguma música que esteja tocando etc. E no fim, a mesma merda de sempre. O ano vira, voltamos para casa, as férias acabam e toca mais um ciclo pela frente.

Outra coisa que vem com a virada do ano é a dívida. IPVA, IPTU, matrícula de crianças, aumento de TODOS os preços e por aí vai. Busão subindo para R$ 3,00, aumento de seguro obrigatório, de taxa de inspeção veicular… Aliás, vai tomar no teu cu, seu prefeito viado de merda. Como alguém pode comemorar virada??

Falando em dívida, neste natal, ganhei duas delas de presentes: uma multa e meu IPVA. A multa veio uma semaninha adiantada, já o imposto chegou exatamente no dia 24 de dezembro em casa. Tem que ser muito filho da puta para entregar o IPVA na véspera de natal. Tem que levar tiro, estragar o natal de uma pessoa dessa maneira. Caralho, entrega essa porra no dia 20, no dia 27, no dia 5, sei lá, mas no dia 24? Na véspera do natal? É pra brochar qualquer peru. Uma divida de 1.000 reais bem no dia do nascimento de Jesus Cristo!!!! ABSURDO!!!! Tive vontade de socar o primeiro papai Noel de shopping que eu visse. Eu não mereço isso, não faço mal nem a uma barata no natal. Pouco antes da festa apareceu uma barata no trabalho, eu comentei com uma moça aqui e ela:

 -Por que você não matou???????

– É nataaaaaal oras, deixa ela…

Ela também deve ter família e eu, ao contrário do que fizeram comigo, não estrago o natal de ninguém. De resto, não ganhei mais NADA. Se bem que esse tipo de “presente”, “só” dois já está ótimo.

Minha ceia foi um Hot Pocket da Sadia. Mas estava ótimo, porque passei muito bem acompanhado. A virada também, com meu pai, namorada, família tals. Comi bastante, joguei, me diverti. Sem pressão, sem obrigação de fazer da virada algo excepcional e foi ótima. Aliás, fugindo um pouco do assunto, como São Paulo fica uma maravilha no fim de ano, com apenas 30% da sua população, imagino. O que mostra que a capital paulista em si não é um lixo, mas os habitantes dela a transformam nisso.

Sem vocês aqui esta cidade é PERFEITA! NÃO VOLTEM!!! PELO AMOR DE DEUS, FIQUEM ONDE ESTÃO!!!!

Eu proponho explodir todos os acessos a São Paulo após as festas de fim de ano. Quem está dentro fica, quem está fora não entra. Que se fodam onde quer que estejam!

“Vou viajar para a Europa, eeeee!” – que morra na Europa.

“Vou para os Estados Unidos, obaaaa!” – que seja preso como imigrante ilegal e nunca mais volte.

“Vou conhecer o nordesteeeeee!” – ótimo, fique por aí e compense a vinda de milhões de nordestinos para São Paulo. Enfim, que fiquem de alguma forma onde estão. Bem ou mal, não interessa, mas não voltem. Esse seria o presente ideal de natal.

Um abraço a todos e feliz 2011! Eeeeeeeeeeeeee!

Published in: on janeiro 3, 2011 at 7:26 pm  Comments (3)