Senhoras e senhores: bem vindos ao circo das eleições 2010!

Confesso a vocês que senti um arrepio na espinha quando eu ouvi, no início da semana, a seguinte frase: hoje começa o horário político hein pessoal? Puts, quase meu café da manhã foi parar na mesa do escritório devido ao asco que tive naquele momento. Tenho nojo de políticos, raiva, abuso, desprezo e os piores sentimentos possíveis. Além de ser obrigado a acordar cedo numa manhã de domingo para votar nesses imbecis, vejo minha programação de TV invadida por essa corja de inúteis que só querem se promover, ganhar status e grana em cima do povinho ridículo e mal instruído que é o brasileiro.

Mas minha visão sobre o horário político mudou. Sim, passei de um crítico assíduo a um entusiasta. Estava no trabalho dia desses e esse festival de horrores passando na televisão. A raiva foi se transformando em graça e me peguei rindo, gargalhando. Sensacional! Eu rachava o bico a cada candidato a deputado que passava na televisão. O horário político, senhoras e senhores, é, de fato, o melhor programa humorístico que temos na televisão brasileira.

Ele reúne todas as sensações que um ser humano possa sentir. Pena. Nossa tenho pena de cada imbecil que se candidata, falam cinco segundos e acham que serão eleitos ainda. Num partidinho minúsculo dizem: Pela educação, meu nome é “Ciclano”, 6666. O que me levaria a votar nesse cidadão? Sinceramente. Quem vai votar nesse infeliz por essa triste mensagem na TV. Mas mesmo assim, ele e muitos outros estão lá. O coronel Fulano, o capitão não sei quem, a enfermeira Maria, o Zé do Bar e tantos outros. Alguns até devem querer fazer algo de bom, mas para mim, a maioria quer um emprego legal, uma grana boa e status. Só isso.

Não sei se admiro a inocência desses infelizes ou se os abomino. A minha opinião é que são uns pobres coitados, que gastam o pouco da grana que têm na esperança de mamar nas tetas do Governo. Mas a inocência pode ser considerada uma coisa boa. Eu por exemplo, quanto mais conheço do mundo e das pessoas mais amargo eu fico. Portanto, se eu vivesse na inocência, num mundinho de fantasias, provavelmente eu seria mais feliz concordam? Façam a escolha, sejam inocentes, ignorantes, burros e felizes ou informados, estudiosos, cultos e infelizes.  

Mas o meu nervosismo natural terminou quando eu vi famosos querendo ser eleitos. Bando de cretinos! Dêem uma olhada na listinha rápida que eu fiz:

Kiko KLB

Marcelinho Carioca

Tiririca

Dinei

Maguila

Filho do Raul Gil

Patético!! Eles acham que por serem famosos podem ser eleitos e ficar lá, ganhando uma graninha, sem fazer merda nenhuma. Aí conseguem a aposentadoria de parlamentares que, se não me engano, se conquista no término de dois mandatos. Uma puta duma grana.

As frases do Tiririca na TV: “vote Tiririca, pior do que está não fica”. “Você sabe o que um deputado federal faz? Nem eu, mas quando eu descobrir te conto”. “O povo não é palhaço, mas eu sou. Vote Tiririca”. Eu rachei o bico, claro, não por ser engraçado, mas por ser muito idiota. Pior que uma praga dessa pode ser eleita sim. Esse povinho bizarro pensa: “vou votar nele, ele é engraçado, hehehe”. Aliás, o Tiririca vai vestido de Tirica na Câmara? Tem que ir caso seja eleito, afinal o povo votou nele, não no cidadão que o interpreta. Mas se você se eleger Tiririca, quem vai querer MORRÊ-ÊÊ serei eu meu caro.

E o Kiko do KLB? Um miserável que não faz mais sucesso nenhum e agora tenta pegar um pouquinho da fama que ainda lhe resta para tentar ganhar a vida. E o kiko eu tenho a ver com sua falência seu escroto? Maguila, o cara nem sabe falar direito! “Vo bruiga por voceis na quamara, votem Maguila”. Vai pro inferno, você é uma piada. E o filho do Raul Gil? Huahahah não sei qual é pior, ele ou o pai, que no alto de seus 120 anos vai num horário político falar: “para o meu filho, eu tiro o chapéu!!!” Dinei, Marcelinho Carioca, Lecy Brandão, ex-BBBs… Se você vota em algum desses infelizes eu tenho um recadinho pra você: vai pra casa do caral**!

Mas o mais irritante, o mais patético, o mais filho da puta de todos é o Netinho. Esse miserável fazedor de média, falso que nem uma pedra, se faz de santo, de “gente da gente”, que veio da favela, mas mora num casarão num bairro rico de São Paulo, e é cheio da grana. Esse safado, que espancou a mulher dele e a fez ir pro hospital, fala com a maior falta de vergonha na cara da FACE DA TERRA: “Gente, está na hora de pormos alguém que conhece os problemas da gente”. Eu sinto uma raiva profunda desse cretino. Que é candidato, pasmem, a SENADOR!! Pior que esse pulha foi eleito vereador mais votado de São Paulo nas últimas eleições. Caímos no problema do povo BURRO, IMBECIL que se deixa levar por um teatrinho desses.

Esse animal tinha criado um canal de televisão. A emissora, para a minha alegria, faliu. Ele, que se diz contra o racismo, que sempre abominou a discrepância no tratamento das raças, queria contratar apenas negros para a TV dele. Irônico não? Alguém contra a diferença racial querer contratar apenas negros. No mínimo hipócrita. Nojento. E se eu, senhoras e senhores, fizer uma TV e só contratar brancos? Vou preso, acusado de racismo. E você Netinho,  é um mau caráter de primeira grandeza, uma ESCÓRIA. Se esse infeliz vencer eu vou para o Haiti, mas saio desta merda de País.

 Acho que é isso. Antes de votar, parem e pensem. Pelo amor de Deus. Não votem nesses putos metidos a famosos, que só querem ganhar grana. Assistam debates entre candidatos a Governo e Presidência.  Enfim, se esforcem um pouco, vejam passado dos candidatos etc. Eu sei que no fim ficará a mesma merda, mas pelo menos a sua consciência estará limpa. E, para finalizar, lembre-se: no circo das eleições, o verdadeiro palhaço é você!

Anúncios
Published in: on agosto 19, 2010 at 9:16 pm  Comments (6)