Viver é uma humilhação!

É, tudo termina como começou. Carrinho, babá, papinha e fralda

É, tudo termina como começou. Carrinho, babá, papinha e fralda

A vida, definitivamente, é uma merda. Se você acha a vida boa, legal, divertida, pode parar por aqui, porque, provavelmente, sairá convencido de que a vida realmente é uma merda. Não para todos, é verdade, mas para a grande maioria sim. A não ser que você seja filho de um cantor de sucesso, de ator de Hollywood, de político etc. Como não temos tantos sortudos, defino que a vida é uma merda para a grande maioria.

Se fossemos traçar um gráfico da vida, começaria alto, sendo boa, e cairia com o decorrer dos anos. Quando se é bebê é legal até. Só comer, dormir e brincar. Com alguns anos de idade melhor ainda. Depois começa a escola e vem as primeiras responsabilidades. Já precisa se preocupar com nota, com professores, com colegas de sala… Sim, porque o ser humano prova que é um lixo logo cedo. Basta ser um pouquinho mais forte que os outros que já quer mandar, bater, roubar etc. O tempo passa e as coisas só pioram. Aí é preocupação com o que pensam de você, se a menininha (o) está a fim, o tormento do vestibular, seu pai enchendo o saco que você não trabalha e por aí vai…

A fase adulta

Essa, meus amigos, foi a parte boa da vida! A merda mesmo começa quando acaba o colegial. Aí fodeu, terá que pagar com juros e correção a fase “boa”. Quanto mais responsabilidades você tem pior. E as responsabilidades crescem de maneira proporcional à sua idade. A preocupação com a menininha (o) passa a ser com emprego, com sair da casa dos pais, com agüentar o pé no saco do chefe, salário baixo, cansaço, dívidas, engolir inúmeros sapos da sociedade, humilhações e muitas outras coisas. A diversão passa a se resumir a um ou dois dias por semana (e olhe lá). As férias, que antes eram de 30 dias em julho e DOIS MESES no final do ano passam a ser duas semanas (e olhe lá de novo). E então começa a penitência. Mais responsabilidades, mais desânimo, mais cobranças. Mulher, filhos, sustentar a casa, deixar algo de bom para a família quando morrer etc.

A “melhor idade” (HUAUHAUHAHUAAUHAHUAUH)

Essa, meus caros, foi a fase “média” da vida. Agora vem o lixo: a velhice. Muitos podem me achar cruel ao ler isso, mas para mim não há nada mais deprimente do que ser velho. Fico com pena vendo aqueles senhorzinhos e senhorazinhas se deteriorando, decompondo vivos, se arrastando pelo metrô, ônibus e ruas…

“Ah Rafael mas eles têm experiência e blábláblá” e daí? Prefere experiência ou tudo?  Ser velho deve ser  horrível, patético! Cito agora o mestre tio Cacá, que muito me ensinou em meus períodos de férias na casa dele. Nunca me esqueço quando ele disse:

“Acho a vida injusta. Depois de tudo que passamos, todo o sofrimento, o cara envelhece, aí fica broxa, tem um AVC (Acidente Vascular Cerebral), fica com seqüelas, perde movimentos em regiões, com a boca torta, artrose, se caga todo, sem dinheiro, a família quer se livrar logo, não consegue fazer mais nada, qualquer coisa fica doente e, o pior, passa a depender dos outros para TUDO”

Olha que MERDA bicho! Depois de tudo que vivemos em vez de descanso e tranqüilidade temos isso que meu tio falou! Para completar, só falta usar um fraldão geriátrico. Huahahah putaqueopariu só o nome já é engraçado. O fraldão geriátrico é o fatality, a humilhação overpower da vida! A real é que o velho volta a ser criança, depender dos outros, papinha, FRALDÃO, cuidados… Porém, em vez de bonitinho guti guti é um idoso definhando.

Isso é comum, ah não ser, é claro, que você seja rico quando nasceu. Ou que você venha a nascer com o cu virado para a lua. Ganhe na loto, ou seja um africano adotado pela Angelina Jolie ou pela Madonna etc. Imagina a cena: Você está lá, quase morrendo de fome, fugindo da guerra e violência, de repente aparece a Madona!! Ou melhor, a Angelina Jolie! Ou ainda melhor, o BRAD PITT! De bilhões de miseráveis no mundo a celebridade foi até lá e pegou VOCÊ. É mais difícil que ganhar na Mega Sena!! Em vez de venderem bilhetes de lotérica devem fazer bingo para sortear quem fica perto das celebridades em dia de visita. Penso em ir para a África esperar alguém me adotar. Magrelo eu já sou, posso dizer que tive vitiligo como o Michael e terão mais um motivo para me adotar. Quem sabe…

Estava no ônibus dia desses e ouvi uma senhora falando com a outra. “Ninguém aguenta mais ela. Fede, faz necessidades nas calças, atormenta todo mundo blablablabla”. Pensei na hora: caramba, igual à minha avó. Ela está doente e faz as mesmas coisas e foi aí que pensei o quanto isso é comum. O quanto a vida é uma merda. Minha avó criou sete filhos e dezenas de netos. Com muita luta, trabalho e esforço E nenhum miserável, incluindo a mim, dá um jeito de cuidar legal dela. E isso, amigos, é a vida! Todos já estão fudidos o suficiente para terem mais essa ENORME responsabilidade. Quem passa por isso deve pensar: deu o que tinha que dar, viveu, agora morra e não dê problemas para os outros. Deus que me perdoe, mas infelizmente é assim!

Quando pensarem em ter filhos visitem o blog e releiam este texto. Pensem se querem uma vida assim para seus filhos. Quer ter um? Enriqueça para fazer a vida dele valer à pena. Se não, deixa quieto.

Vida na escala do terror

ONZE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anúncios
Published in: on julho 23, 2009 at 8:47 pm  Comments (7)  

The URI to TrackBack this entry is: https://hilariodiario.wordpress.com/2009/07/23/viver-e-uma-humilhacao/trackback/

RSS feed for comments on this post.

7 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Vc fez um resumo da vida bem pessimista (e infelizmente realista) mas é claro que a vida não é só isso, tem o seu lado bom e bla bla bla
    Agora só para ser sucinta, nossa existência não se resume só a esta vida (coitado de quem vive achando que isso o que conheçe é tudo) Essa vida é um aprendizado, não faria sentido algum acabarmos por aqui. E justamente por ser um aprendizado é que as coisas não são fáceis! Estamos aqui alimentando nossos corpos e nos esquecendo de alimentar o mais importante: nossos espíritos.

  2. É cabeça, viver é foda… sabias palavras do pai do Troy, a gente se fode mais da metade da vida pra ter alguma coisa e quando tem ja ta podre pra aproveitar. O texto de hoje ficou mais tenso que engraçado pq faz lembrar o que ainda está por vir.

    ESCALA DO TERROR??? Acho que nem tem como enquadrar isso, teriamos que amplificar a escala de 0 a 10 para 0 a 1000000. Choro de criaça e busao são coisas que enfrentamos enquanto envelhecemos… acumula isso pra ver o trauma.

    Abraço sangue!!!

    • Bom, vou “economizar” minhas palavras porque ainda vou fazer meu próprio comentário aqui. Mas quanto ao que você comentou sobre o texto ser mais tenso do que engraçado, eu já discordo (em parte) China!

      Ri PRA CARALHO aqui lendo ao lado do meu pai, que também riu pra cacete! Porque de tão realista o texto, chega a ser engraçado porque vemos o quão irônico são os momentos da vida que passamos! Achei mais engraçado que tenso pois lendo o texto, temos que “rir para não chorar”! Ainda mais sabendo que ainda passaremos por muitas situações que nos sentiremos uns cagados! SÓ RINDO PORRA! HAUHA!

    • Hahahah velho, o certo mesmo seríamos somar TODOS os pontos de terror que a vida em si trás em todos os dias q vc passar vivo. Então imagina o número? Em média temos uns 50 pontos na escala da terror por dia, multiplica isso por seus dias vivos. A escala do terror da vida daria milhões

      • Rir eu tb ri, mas não como outros textos postados aqui. Na verdade a vida é uma piada, o foda é que só rola HUMOR NEGRO.

        Vc já parou pra pensar na quantidade de impostos pagos ao governo? quanto da sua vida vc deixa de VIVER pra encher o rabo de um bando de FDP de dinheiro? O que vc recebe em troca? NADA… é uma piada, só que eu não consigo achar graça. Já ouviu falar que os comediantes na verdade são tristes? Na verdade NÓS SOMOS os PALHAÇOS.

        Algumas coisas da vida são assim mesmo rir pra não chorar.

  3. Este texto dá uma vontade enorme de desistir da vida! kkkkkk Mas está muito engraçado. Fiquei visualizando a cena da adoção na África. Boa ideia, essa, viu! Realmente, é rir para não chorar!

  4. Huahuahuahau simplesmente o MELHOR de todos os textos deste blog! Já começa foda! “Se você acha a vida boa, legal, divertida, pode parar por aqui, porque, provavelmente, sairá convencido de que a vida realmente é uma merda.” KKKK! Fico imaginando quem leu e pensou “Afff, que pessimismo e blablablá…” e no final, depois d ler tudo: “Caralho! Huaha! Pior que é bem assim!”!
    Outra coisa que é bem real é o fato de sabermos que dinheiro é, praticamente, TUDO na nossa vida… acho muita hipocrisia dizer que “Não, nada a ver… não é preciso dinheiro para se viver bem e blablablá”! A própria introdução do texto nos dá uma visão realista do mundo de hoje e aposto que TODOS que leram concordaram com o fato de que, se nascermos em um “berço de ouro”, estaremos muito, mas MUITO melhor do que quem já nasce fudido mesmo, como na África!

    KKK! Porra, quem for adotado por uma Angelina Jolie ganhou na loto 10 vezes consecutivas! HUAHUA! “Ou ainda melhor, o BRAD PITT!” Sem viadagem, mas o Brad eu e o Ra pagamos mó pau! Hauhauh! Fazer o quê?! O cara é bonitão mesmo porra!

    É, desde que começa a escola já começa a fuder tudo de vez… exatamente como tá descrito no post. Responsabilidades para tirar notas altas e não sair com notas vermelhas nos boletins, fazer trabalhos e apresentar na frente da sala inteira, imaginando o que as pessoas irão achar de você, estar disposto a ser humilhado na frente dos “amiguinhos” do colégio e tudo mais. E desde pequenos já mostramos ser filhos da puta mesmo, zombando de outras crianças, pisoteando o tênis novo do colega para “inaugurar”/”batizar” (olha que coisa mais imbecil!) e dando/recebendo ovadas quando o ano termina! Porra, quem merecia levar ovada seria quem REPROVOU e não quem passou de ano!

    Quanto ao que o meu pai falou, nem preciso comentar nada, afinal, volte e meia eu fico ouvindo isso dele, quando olha para o nosso cachorro de 15 anos, já acabado e velho, arrastando as patas pra andar, sentando e deitando com dificuldade e bem devagarinho, para evitar dores provavelmente na musculatura, já que deve estar comprometida e atrofiando depois de tantos e tantos anos usando. (Literalmente, ele tá no momento CAGANDO E ANDANDO, já que não consegue ficar muito tempo de cócoras para largar a sua sujeira em um lugar só!). Perdeu o olfato, a visão está bastante comprometida e a audição dele então, nem adianta berrar do lado dele que ele não vai ouvir! É galera, a idade chega pra todo mundo, inclusive pra cachorros!

    “(…)Quanto mais responsabilidades você tem pior. E as responsabilidades crescem de maneira proporcional à sua idade.”
    É verdade, não é à toa que a partir daí que começamos a ficar calvos e com cabelos brancos devido às inúmeras preocupações da vida! Mas, fazer o que né? O jeito é levar da melhor maneira possível, porque, no final das contas, todos nós apodreceremos, tais quais corpos de cães atropelados os fazem na BR101….!

    Sensacional texto! =P


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: